12.10.18

Por que incentivar a leitura desde a infância?


dia das crianças
Mesmo tendo passado boa parte da infância enfiada nos livros, foi a única foto que achei de mim lendo...

Feliz dia das crianças! Nós sabemos que um bom leitor muitas vezes começa desde cedo. Hoje vou falar os motivos pelos quais devemos incentivar as crianças a ler. 

1-Estimular a imaginação

Quando você lê para uma criança isso estimula a imaginação. Sabemos que a criatividade das crianças é infinitamente maior que a nossa. E num mundo de tantas imagens prontas com desenhos e vídeos na internet, por que não estimulá-las a criarem as próprias imagens?

2- Muitos livros infantis reforçam valores

O caráter começa desde cedo. Fábulas com lições de moral ou livros que ensinem valores como a generosidade, a educação, divisão de serviços domésticos, respeito, igualdade de gênero entre tantos outros. 

3- Estimular uma mudança de vida

O estudo é a melhor forma de uma pessoa ter uma vida melhor. Sabemos que as pessoas com nível superior conseguem salários melhores do que aquelas que não têm. Fora que a educação sempre é um bom investimento. Aliás, é a única forma de mudar o mundo para melhor. 

4- Formar um leitor (e consequentemente uma pessoa com senso crítico)

A leitura é capaz de estimular o senso crítico. Até mesmo porque temos grandes obras que abordam questões de cunho social e político que nos ajudam a refletir sobre as mudanças que queremos ver no mundo. Na maioria das vezes o primeiro contato com a literatura é na pré-adolescência, com clássicos brasileiros (que são muito bons, mas muitas vezes estão além da capacidade de compreensão desses alunos), e isso acaba criando o mito de que "ler é chato". Se o estímulo vier de casa, vai ser muito mais fácil quebrar esse paradigma. 

Por isso, incentive a leitura desde a primeira infância. Vou dar o exemplo dos meus pais, que acredito que tenha funcionado bem. 

Minha mãe, mesmo trabalhando fora, tirava pequenos momentos no dia para ler para mim. 15 minutos é mais que suficiente. Ela também comprava livros emborrachados para ler no banho (eu adorava tomar banho "lendo" o livro do Cebolinha), sempre tinha gibi em casa e aqueles livros mais lúdicos. E quando tinha feira do livro na escola ela me incentivava a escolher algum livro que eu gostasse (no caso eu gostava de todos e ela tinha que me controlar). Eu lia muitos contos de fadas naquelas versões fininhas ilustradas (são super baratinhos, na internet tem opções por menos de 5 reais) e mais tarde comecei a frequentar a biblioteca da escola para ler os livros da Maria Heloísa Penteado. 

O incentivo à leitura não precisa ser caro. Você pode incentivar a criança com gibis por exemplo, pode procurar livros infantis em sebos e feiras de livro (nessas feiras tem muita opção boa e lúdica por 5 reais), em lojas populares de brinquedos vendem livros que fazem sons a preços acessíveis, pode ler cordéis para a criança... O importante é estimular o contato. Deixar que a criança toque o livro, cheire, veja... Aqueles contos de fadas em livros de colorir são ótimos para isso!! E conforme ela for crescendo, estimule a criança a frequentar a biblioteca da escola e a levar livros para casa. Não podemos esperar que a escola tome a iniciativa. Esse tipo de incentivo vem da família. 

Mesmo que você não tenha filhos, pode fazer a sua parte. Dê livros de presente quando for chamado para um aniversário de criança, leia para um priminho ou sobrinho, irmão mais novo... E se tiver livros sobrando em casa, doe para uma biblioteca de escola pública. Com certeza vai mudar a vida de muita gente. 


ACOMPANHE O BLOG NAS REDES SOCIAIS

Instagram (@checkinvirtual)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quero saber sua opinião! Ficarei muito feliz com o seu comentário!



Ilustração por Wokumy • Layout por