8.12.17

Seis Anos Depois - Harlan Coben

Jake e Natalie se conhecem num retiro e se apaixonam perdidamente. Porém antes do fim do verão Natalie resolve romper o namoro e casar-se às pressas com o ex-namorado, Toddy. Jake fica arrasado, mas promete para a amada que a deixará em paz. 

Ele dedica a sua vida exclusivamente à sua carreira de professor universitário, mas um dia lê acidentalmente o obituário da faculdade, seis anos depois do fatídico casamento, e resolve romper sua promessa, arriscando a vida para reencontrar a sua amada. 

Ficha Catalográfica

Título: Seis Anos Depois
Título original: Six Years
Autor: Harlan Coben
Tradutor: Ricardo Quintana
Ano de escrita: 2013
Ano da edição: 2014
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 272
Gênero: Ficção, Thriller de ação
ISBN: 978-85-8041-253-6

Compre por esses links e ajude a manter o blog: Amazon  Americanas Submarino  Saraiva 



O livro promete ser um dos melhores que o Harlan Coben escreveu até hoje, com uma das tramas mais inteligentes. Eu amo o Coben, amo sua escrita fluida e a forma com que ele amarra a história. Entretanto, o livro não me surpreendeu tanto assim. Lógico que é cheio de reviravoltas, mas o final não me surpreendeu tanto assim. Particularmente, achei "Não Conte a Ninguém" , "Confie em Mim" e "Desaparecido para Sempre" muito mais geniais. E ouso dizer ainda que a saga Myron Bolitar é a minha preferida. 

Em Seis Anos Depois, Coben parece ter juntado elementos de todas as suas obras de sucesso. Jake, o protagonista, lembra bastante o Myron: Alto, solícito, inteligente, se envolve em confusão e fala besteira quando nervoso. Contudo, lembra também o próprio autor, que assim como o personagem também é graduado em Ciências Políticas. 

Na verdade, neste livro senti o peso de um escritor que publica muitas obras e que pareceu aplicar uma fórmula que deu certo. Por isso não me surpreendi. 

Mas calma, isso não me faz ter gostado pouco do livro. Ele é sim de tirar o fôlego, tem vários plot twists, e faz a gente pensar muito no porquê dos fatos. Não temos um assassino para desmascarar, mas toda uma situação que parece não fazer sentido nenhum, e o Jake consegue ir juntando os pedacinhos para solucionar o mistério da sua desaparecida ex-namorada. Talvez esse fato o tenha colocado na lista dos melhores livros do autor.

Jake é um personagem redondo, ou seja, muda durante a narrativa. E muda muito. Todas as suas convicções são deixadas de lado. 

Outro personagem que amei foi Benedict, o melhor amigo de Jake. Achei interessante o autor ter colocado um personagem afrodescendente, que apesar de não ser o protagonista, não é exatamente o "bom amigo negro" que salva o cara branco das enrascadas. Na verdade ele tem um papel fundamental na história e sua importância vai se escondendo nas entrelinhas para nos últimos capítulos desabrochar e fazer sua grande revelação. Pena que ele não apareceu mais vezes. Era realmente muito bom e cheio de personalidade. 

Enfim, adoro o desenrolar dos livros do Coben. O cruzamento entre as histórias, e até mesmo entre personagens de outros livros. Aqui não apareceu a delegada Loren Muse, sempre presente nos crossovers de Coben. Inclusive acho essa técnica muito legal, ele acaba dando uma dimensão de realidade aos seus livros. O único que identifiquei dessa vez foi uma leve citação ao psicopata Win, numa referência a um dos seus edifícios, que levava o seu sobrenome. 

A edição da editora Arqueiro não surpreende, porém mantém o padrão de qualidade, com uma capa bonita e até mesmo sombria, bom tamanho de fonte e de páginas e folhas amareladas. É um daqueles livros para ler em uma sentada só. Em menos de duas horas já havia passado da página 100. 
Vou dar apenas 4 aviõezinhos por conta de não ter superado expectativas e por seguir a mesma fórmula. Creio que pessoas que nunca leram Harlan Coben (ou não leram uma tonelada de livros como eu fiz) irão achar surpreendente. 


Redes sociais


Instagram (@checkinvirtual)
Facebook
Twitter
Pinterest
Skoob 
Youtube
Snapchat: checkinvirtual

6 comentários:

  1. Oii! :)
    Eu li este livro no ano passado (se não me engano) e eu amei a história, assim como todos os livros da Harlan. Ele é incrível e este livro me surpreendeu até o final.

    Não sei se você já leu, mas um que eu acho que você poderia gostar é o novo livro dele, A Grande Ilusão. Na minha opinião, superou todas as expectativas! Vale muito a pena a leitura!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Credita que nunca ouvi falar nesse que você indicou? Vai para a listinha agora mesmo!
      Beijos!!

      Excluir
  2. Amei a resenha :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho o livro na estante, mas ainda não conseguir ler O.O
    Agora fiquei com vontade de iniciar a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que demorei para pegar também? Mas é muito bom

      Excluir

Quero saber sua opinião! Ficarei muito feliz com o seu comentário!



Ilustração por Wokumy • Layout por