22.2.17

TAG: Dia e Noite



Olá pessoal, tudo bem com vocês? Fui indicada pela Helena Machado do blog Leituras e Gatices para responder essa TAG aqui. Faz tempo que não temos TAGs literárias no blog, não é mesmo?


D - Durante o dia ou à noite?

Para mim, qualquer horário é válido, desde que eu esteja disposta a ler! Costumo ler pela manhã e no final da tarde, que são os períodos em que tenho mais tempo disponível.

I - Indique um livro que mudou seu ponto de vista sobre algo.


1984, de George Orwell

A - Alguma vez você já derramou algum líquido em um livro?

Não exatamente derrubei, mas quando me mudei para Jundiaí meus livros vieram em caixas de papelão na caçamba de uma caminhonete e tomaram chuva o caminho inteiro. Então tenho alguns exemplares bem danificados por esse "acidente".

E - Existem pessoas que não gostam de ler. Isso é positivo ou negativo?

Ao meu ver é negativo. A leitura é comprovada como uma forma de melhorar o aprendizado e a consolidação da memória. Não importa o gênero ou o tipo de leitura, uma pessoa que lê mantém a mente mais ativa e tem maior probabilidade de se manter lúcida na velhice. Além disso a leitura nos abre várias portas para o conhecimento, para o desenvolvimento cultural e individual, nos traz reflexões, informações e ainda nos permite ter contato com outras épocas. Por isso considero a leitura essencial.

N - Ninguém encosta no meu livro x Eu empresto sem nenhum problema.

Não ligo de emprestar livros. Inclusive adoro emprestar um livro para um amigo e depois ter uma desculpa para falar sobre aquela história. Mas se eu vejo a pessoa maltratando meus preciosos, eu chamo a atenção na cara dura, e se ela estragar (como já aconteceu) não empresto mais.

O - Oficialmente autografado: mostre sua cópia!

Tenho autografado o Jovem Alessia, da Louisa Bennet, Fugitivos, do Carlos Barros, duas HQs do Gustavo Duarte e um livro de neurociência escrito por um ex professor do cursinho.

I - Ilustração ou não? 
Claro que sim! Amo!

T - Tenho muitos livros. Verdadeiro ou falso?

Super verdadeiro! Minha coleção já deve beirar os 300 livros, e minha estante não tem mais espaço para guardá-los. Já estou no ponto de reorganizar os armários a fim de encontrar uma prateleira livre. Esses 300 títulos não levam em consideração os livros didáticos, que ocupam a minha escrivaninha e um armário especialmente para eles. Minha mãe até brinca com todo mundo que vem conhecer a nossa casa que eu não tenho guarda-roupas porque tenho mais livros que roupas, e isso é a mais pura verdade (olha que eu tenho muita roupa também)! Como consigo ter tantos armários assim? O meu quarto na verdade é um escritório.

E - Escolha o seu maior livro, que tenha sido uma barganha.


Aqui eu vou colocar um livro didático como resposta. Foi um atlas de anatomia, o Netter, 4ª edição, novo, por apenas 80 reais. Mesmo sendo duas edições atrasado eu não pagaria menos que 150 reais por este livro usado.
Para essa TAG vou indicar a mais nova parceira do blog, Rafaela Orsi, do Entre Setembros, o Caio Felipe do Cavaleiro Agridoce, a Mell Ferraz do Literature-se e a Isabella Tramontina do LivrIsa

6 comentários:

  1. Olá!!
    Quantos livros na estantee!! Que demaisss!!
    Eu imagino você mudando de casa e vendo aquele tempo de chuva molhando seus bebês :(
    Adorei a TAG! :D

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, são muitos!! Mas comecei a coleção bem cedo, então ela cresce devagar. Ainda bem que eu não estava junto, quem trouxe os livros foi o meu pai. Acho que eu teria infartado, ou feito parar o carro no meio da estrada para dar um jeito de protegê-los. Fique a vontade para respondê-la!

      Excluir
  2. Socorroooo! Adorei a tag! Com certeza farei já para o próximo post ♥

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que triste seus livros terem sido danificados com a mudança. Eu fico pensando que teria dado muito trabalho vir de Brasília até Goiânia com os meus, se na época eu já tivesse o tanto que tenho hoje. Estava até pensando nisso ultimamente. Ter muitos livros é legal, mas tem horas que acaba sendo muito inconveniente. Depois de montar minha estante eu já pensei em comprar um Kindle, por causa do problema do espaço...
    Concordo com você sobre a leitura. Ler faz bem de qualquer maneira. Não só ler literatura, mas outras coisas também. Jornais, revistas, HQ's...
    Vi que eu também fui marcada pela Hel nessa TAG, vou tentar responder assim que possível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, e-reader poupa MUITO espaço e também faz com que tenhamos menos desculpas para não ler, já que muitas vezes podemos encontrar o livro de graça(falo até legalizado, em domínio público). Mas a gente perde parte do prazer de folhear, tocar, cheirar, enfim, toda a experiência sinestésica da leitura. Se eu não tivesse me mudado tão de última hora eu teria empacotado os livros certinho, para não danificar. Mas foi meio que de urgência, não foi muito pensado, não deu tempo de arrumar nada e perdi muita coisa. Acho que até alguns livros também... Outros tive que me desfazer por causa do dano, ainda bem que eram apostilas velhas da escola. No fim sobrou tudo para o meu pai encaixotar e acho que foi isso a maior causa do problema, ele não é cuidadoso com nada. Mas imagino que mesmo assim deve ter dado trabalho pois foi extremamente custoso descer tudo do carro, colocar para secar, organizar na estante...

      Excluir

Quero saber sua opinião! Ficarei muito feliz com o seu comentário!



Ilustração por Wokumy • Layout por