15.12.17

Assassinato no Expresso do Oriente


Num luxuoso trem que corta a Europa viajam pessoas das mais diversas nacionalidades. Entre elas um americano que é assassinado durante a viagem e o nosso querido detetive belga Hercule Poirot. Acontece que na noite do assassinato o Expresso do Oriente fica parado devido a uma nevasca e não há pegadas na neve. Dessa forma, o assassino só pode estar ali, naquele trem.

resenha do livro que deu origem ao filme baseado na obra de agatha christie

Título: Assassinato no Expresso do Oriente
Título original: Murder on the Orient Express
Autora: Agatha Christie
Ano da primeira publicação: 1934
Tradução: Archibaldo Figueira
Editora: Nova Fronteira
Ano da edição: 2009
Número de páginas: 223
Gênero: Ficção, Suspense, Policial
ISBN: 978-85-209-2354-2

Compre nos links abaixo e ajude a manter o blog: 
14.12.17

Canecas para presente de Natal - Gorila Clube



Eita época gostosa essa de fim de ano!! Amigo secreto, natal, aquele monte de gente para dar presente...
Eu andei navegando numa loja chamada Gorila Clube, e lá tem todo o tipo de presente criativo que você puder imaginar. 

Mas aqui para este post andei separando algumas canecas bem legais para você dar de presente de natal ou amigo secreto neste fim de ano. Afinal, quem não gosta de canecas? E cá entre nós, elas cheinhas de chá, café, cappuccino super combinam com livros, não é mesmo?


Observação: Esse post é um publieditorial 

8.12.17

Seis Anos Depois - Harlan Coben

Jake e Natalie se conhecem num retiro e se apaixonam perdidamente. Porém antes do fim do verão Natalie resolve romper o namoro e casar-se às pressas com o ex-namorado, Toddy. Jake fica arrasado, mas promete para a amada que a deixará em paz. 

Ele dedica a sua vida exclusivamente à sua carreira de professor universitário, mas um dia lê acidentalmente o obituário da faculdade, seis anos depois do fatídico casamento, e resolve romper sua promessa, arriscando a vida para reencontrar a sua amada. 

Ficha Catalográfica

Título: Seis Anos Depois
Título original: Six Years
Autor: Harlan Coben
Tradutor: Ricardo Quintana
Ano de escrita: 2013
Ano da edição: 2014
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 272
Gênero: Ficção, Thriller de ação
ISBN: 978-85-8041-253-6

Compre por esses links e ajude a manter o blog: Amazon  Americanas Submarino  Saraiva 
30.11.17

Sobre a morte...


Fazer medicina é ter uma relação muito próxima com a morte. Começamos o curso vendo cadáveres. A empolgação das aulas práticas muitas vezes nos faz esquecer que houve uma vida antes daquela peça. O próprio termo "peça" para se referir a uma parte do corpo de uma pessoa já reflete uma certa desumanização. Muitas vezes eu me dava conta de que aquele órgão foi uma pessoa quando via as mãos e os pés. Muito mais que o rosto deformado, acinzentado e inchado de formol. 
24.11.17

Menina Má - William March

Rhoda é uma garotinha encantadora. Muito independente e organizada, não dá trabalho algum à sua mãe Christine. Ela é o grande xodó dos mais velhos, com sua covinha na bochecha, as trancinhas perfeitamente arrumadas e o vestidinho meio retrô. 

Ficha Catalográfica:
Título: Menina Má 
Título original: The Bad Seed
Autor: William March 
Tradução: Simone Campos
Escrito em: 1954
Ano da edição: 2015
Editora: DarkSide Books
Gênero: Suspense
Número de páginas: 272
ISBN: 978-85-66636-81-9
22.11.17

Existe livro para "idiota"?


Primeiramente, mil desculpas pelo meu sumiço nesse feriado. Estava tudo planejado para o blog, porém minha querida internet ficou de sexta-feira a domingo fora do ar e eu não tinha como soltar a resenha aqui no blog e muito menos o vídeo no canal. A resenha sai sexta-feira sem falta. 

Mas hoje o motivo da minha revolta é outro. Em um grupo de leitores que participo no Facebook foi compartilhado um link da Revista Bula com uma lista do mais extremo mal gosto. O texto foi escrito por Tadeu Braga (sim, acho importante ressaltar quem escreveu para não deixar a culpa apenas na revista que aprovou um absurdo desses) e elenca 10 livros lidos por "idiotas".

Primeiro, quero ressaltar que preconceito de espécie alguma é tolerado neste blog. E preconceito literário muito menos, visto que esse é o nosso foco. E essa lista é o preconceito literário mais puro e destilado. 


Ilustração por Wokumy • Layout por